sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Fato ou Boato?


Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço
Esse é um adágio popular ainda muito praticado pelos nossos representantes. Alguns vereadores, semanas atrás, questionaram e pediram providências para a questão de alguns ambulantes que estão vendendo seus produtos no centro de União da Vitória, prejudicando o comercio local, pois estes não pagam impostos, nem aluguel, nem funcionários... só vendem e levam o dinheiro embora. Entretanto, esses mesmos vereadores, poucos dias atrás também posaram nas redes sociais com fotos de um certificado de uma suposta pesquisa "fajuta",  onde se auto proclamaram "destaque do ano". Trabalho este feito (será?) por uma empresa de fora, que vem aqui uma vez por ano, toma o dinheiro de muitos (alguns bobos que se iludem com bajulação) e vai embora.
"Se foge do espeto, cai na brasa"
Esse é o dilema que os próprios vereadores se auto intitularam em relação ao projeto do presídio em União da Vitória. A pressão vem dos dois lados, de uma lado o Poder Judiciário, o Conseg e mais algumas entidades, o próprio executivo que espera e quer ver o projeto aprovado. Do outro lado, a população e em especial a comunidade do Rio Vermelho, de onde vem os "votos", em sua grande maioria não quer nem ouvir falar em presídio, cobrando empresas e geração de empregos para a nossa cidade. É o verdadeiro "se correr o bicho pega, se ficar o bicho come".
Fato além além dos interesses
Não há como negar que União da Vitória precisa resolver a questão da cadeia pública que há muitos anos vem sendo usada como presídio e está com sua estrutura totalmente saturada, isso é fato. Também é fato que esse "abacaxi" é mais um deixado pelo Sr. Pedro Ivo, que pouco fez, pouco decidiu, mas muito deixou para o próximo resolver. Voltando ao presídio, é fato também que esse terreno proposto no Rio Vermelho não é o ideal, por uma lista enorme de razões. É fato também que, pior do que não decidir ou demorar para isso é decidir mal e se arrepender depois (quando for tarde demais).
Sugestão
Porque não se cobra do nosso Deputado, que alardeia estar conseguindo tanta coisa, aliás, conseguir "emendas" para isso ou aquilo, aparentemente trocadas por apoio incondicional ao governo, é questionável, pois não é esse o seu papel; que apresente um projeto ou sugestão ao governo do estado para que "humildemente" se copie o modelo implantado em Porto União.
Porto União, uma boa notícia
Em se pesando..., um momento onde a moda é criticar, acusar, denunciar tudo e todos no segmento público e político do país, estado e municípios, gostaria de registrar aqui o meu particular "parabéns", em especial a secretaria e secretária de Educação de Porto União. Confesso que fiquei impressionado com o relatório de tudo o que já foi feito por aquela secretaria em apenas 9 meses de mandato. Certamente falta muito (sempre vai faltar) e com certeza podem haver motivos para críticas, porém quero deixar registrado aqui os parabéns pelo belo trabalho até aqui realizado, o que demonstra que Porto União, além do centenário, tem boas notícias para serem reconhecidas!