terça-feira, 3 de outubro de 2017

Memória Popular - Jardim Muzzolon já teve Creche que o descaso do poder Público fechou

GENTE QUE FAZ...
GENTE QUE FEZ...
         A partir desta semana estaremos publicando/postando memórias de fatos, projetos e ações desenvolvidas no passado que precisam ser lembradas para que possam alimentar o "legado deixado" por pessoas e entidades que muito já fizeram ou continuam fazendo por nossa cidade e região.  A primeira lembrança é do trabalho social que o extinto JORNAL VANGUARDA deixou registrado durante seu período de circulação.

VOCÊ SABIA QUE: 

Durante os anos de 2000/2001 o bairro Jardim Muzzollon teve uma creche que chegou a atender de tempo integral a 15 crianças. A creche era integralmente mantida pelo extinto Jornal Vanguarda, através da Associação Beneficente Vanguarda. Mas o descaso do poder Público da época fez com que a mesma fosse fechada. Desde então, nunca mais o bairro foi atendido.   A mesma entidade iniciou paralelamente a creche outros projetos sociais, entre eles o projeto "Matando a fome". Este projeto distribuía semanalmente almoço e janta para famílias carentes do próprio bairro Muzzolon e também do extinto bairro "Cidade Negra". Sem nenhum apoio do poder público, o trabalho era realizado com a ajuda de outras entidades, mas tinha sua base em ações sociais e promocionais, como a realização de jantares e campanhas de arrecadação de fundos através de outros projetos.

A maioria dos projetos sociais do extinto Jornal Vanguarda foram na verdade boicotados pelo poder público da época. Teria sido porque o jornal apresentou inúmeras denúncias e seguidamente "incomodava"  os mais diversos políticos de nossa cidade e região?

            Abaixo alguns recortes de publicações que relembram um pouco das ações desenvolvidas através do Jornal vanguarda. Entre esses eventos promocionais, que eram apoiados exclusivamente pela iniciativa privada e pela sociedade, está o que registrou o maior público da história do cine Luz, mais de 1500 pessoas prestigiaram em agosto de 2001 o evento da Associação Beneficente Vanguarda que apresentou o grupo "Mãos que Falam" juntamente com a apresentação das crianças que eram atendidas pela creche/escola do Jardim Muzzolon e que ficou marcado na vida de todos os que fizeram parte desse projeto.  Outro evento significativo, também no Cine Luz foi a apresentação da Banda OPUS DEY, que comemorou em 2003 o sétimo aniversário do Jornal Vanguarda.