terça-feira, 21 de novembro de 2017

Por que a L-310 está novamente parada?

Em União da Vitória,
A HISTÓRIA
SE REPETE...

Por que aqui um faz, outro desfaz? Por que somos a cidade da "latinha"? Por que paramos no tempo e fomos deixados para trás? Por que esqueceram de nós? Ainda dá tempo de recuperarmos o tempo perdido?



Se olharmos para as mais diversas áreas, obras e eventos veremos que muitas coisas foram feitas por um prefeito e desfeito por outro. Se olharmos para o tempo passado, veremos que tínhamos inúmeras empresas que fecharam ou foram embora, o que nos transformou na cidade da "latinha, dizem os que foram embora, ...lá tinha várias empresas que geravam milhares de empregos"... Se olharmos para ações, principalmente de governos de estado, fomos esquecidos ou preteridos a diversas outras cidades. Exemplo: a pouco dias atrás foi feito um roteiro estadual dos tropeiros no Paraná e até deste, do qual éramos o centro estadual no passado, fomos excluídos! Se olharmos para ações e projetos desenvolvidos aqui mesmo, como é o caso do projeto turístico que envolvia a famosa Locomotiva L-310, que ficou durante décadas abandonada na praça, depois de recuperada e iniciado um projeto sensacional de turismo, foi novamente abandonada exclusivamente por mesquinharia política.  Você sabe porque a nossa L-310 está parada? Não sabe? Vai poder ficar sabendo quando for lançado o livro "Em União da Vitória, a História se repete".
Saberá também de muitos outros motivos que fizeram com que União da Vitória, de 3ª maior economia do Paraná, hoje não figure nem mesmo entre as 30 primeiras. Entre esses motivos, talvez o principal que será relatado, é que a mais de 40 anos somos "governados" por três no máximo quatro nomes ou famílias, entre esses tem quem saiu do chinelo de dedo a condição de bilionário.
Quanto a última pergunta feita acima, se ainda dá tempo de recuperarmos o tempo perdido, só você amigo leitor, eleitor e cidadão que ama essa terra poderá responder. O livro que será lançado, possivelmente ainda no primeiro trimestre do próximo ano pretende, além de relatar fatos e motivos que deixaram nossa cidade no atraso, elencar algumas idéias e projetos que poderão mudar o futuro de nossa cidade. Mas dependerá de cada um fazer a sua parte, pois nossa querida cidade, desde os tempos passado até hoje, nos oferece muitas oportunidades e possibilidades, desde que as pessoas tenham atitudes que visem o bem de todos e não o enriquecimento de famílias e grupos políticos que detém o poder pelo poder.